Asdrubal Caldas, Professor de Psicologia do Ensino Superior
  • Professor de Psicologia do Ensino Superior

Asdrubal Caldas

Santo André (SP)
11seguidores3seguindo
Entrar em contato

Sobre mim

Gerente Aposentado, pela Eletropaulo, Pós Graduado Markentig
Aposentado pela Eletropaulo, Licenciado em Psicologia, e Pós Graduado em Administração de Marketing. Resido em Santo André. E em 28.06.2014 fui contemplado com uma Isquemia, e perdi a visão do olho esquerdo. (irreversível, segundo os médicos.) Porem ainda estou em negociações com "DEUS", e nele eu confio na possibilidade da reversão.

Comentários

(258)
Asdrubal Caldas, Professor de Psicologia do Ensino Superior
Asdrubal Caldas
Comentário · há 13 dias
Uma informação importantíssima que ficou faltando aos portadores de visão monocular. É sobre o Imposto de Renda. Aqui vai a informação que ficou faltando: Todo o trabalhador aposentado que pelo salário que auferia quando trabalhava, continuou mesmo aposentado, a pagar o Imposto de Renda, basta que reúna os documentos exigidos pelo INSS, ou seja: Atestado do médico que o atendeu durante o tempo em que você ficou em tratamento, vindo a perder a visão, ou como no meu caso em que perdi a visão abruptamente. Sofri uma "Isquemia" que atingiu o vaso principal da retina. De posse deste atestado médico dirija-se a qualquer órgão público prestador de serviços de saúde. Pode ser Municipal, Estadual, ou Federal, o que for mais fácil para você. Um médico do setor que você se apresentou lhe fornecerá um atestado "Pericial". De posse dos dois atestados, dirija-se ao INSS para que eles já providenciem para que seja suspenso o desconto, no mês em curso, o no mês seguinte. O INSS te fornecerá um documento provando que já não ira mais ser descontado o Imposto de Renda, sobre os seus vencimentos. E então você junta tudo e leva até a Receita Federal. E boa Sorte!!!
Observações que devem ser levada em conta: Como o meu caso já tem seis anos, que eu providenciei a documentação, é bem possível que eu tenha esquecido alguma informação, ou até mesmo que tenha mudado alguma coisa na lei.
Nota= Como eu tenho problema de visão, tinha feito tudo em “maiúscula”, e depois tive que refazer tudo de novo.

Pense. Qualquer duvida "Não" me ligue. Combinedo?

Recomendações

(137)
Perito Mec Fina Tjsp Paulo L Pastore, Engenheiro Mecânico Industrial
Perito Mec Fina Tjsp Paulo L Pastore
Comentário · há 11 meses
Prezados doutores.

Me aposentei por idade, devido de que não contribui por oito anos, desta forma para 35 anos teria, agora com 66 anos de idade ficar mais 8 anos trabalhando e aposentar com 74 anos!

Todas as milhares de vezes que me encaminhei aos postos de atendimento do INSS fui lesado, embrulhado, esbulhado quando na maioria das vezes os atendentes não sabiam resolver nada, tinham que chamar o chefe da secção para dirimir dúvidas deles, assim fui sendo lesado desde 2005.

Em 2005 trabalhei como professor temporário em duas universidades, uma de regime autártico e outra estatutário através do IPESP foi um dilúvio entre enviar cartas registradas, para pode convalidar no sistema previdenciário, até que foi anexado as contribuições, as duras penas.

Quando entrei com pedido do benefício em setembro de 2017, o atendente da cidade de Matão, SP me lesou, me coagiu, me escalpelou me forçando a assinar duas cartas de desistências, fui enganado, depois entrei com recursos e reconsideraram, eliminando as duas cartas (?), apresentei as certidões de tempo de contribuição de cada uma, mas, no cálculo do benefício estas duas entidades que fui docente, não entraram no cálculo, até na apresentação em 2018 de novas CTC - Certidões de Tempo de Contribuição de cada uma das entidades educacionais, mais uma vez um outro atendente na cidade de Matão, não queria aceitar por que não era a certidão, mas, quem emitiu as certidões são de praxe para o INSS, fazem isto há muitos anos, por que não seriam as que queriam!!!!!!

Contribui por mais 5 anos, além dos 15 anos mínimos, estes 5 anos contribui com 20% da metade do teto (um contador em 2012 me orientou para manter o meu beneficio, devido a um auxilio doença em final de 2011 de aneurisma arterial na perna direita, operei duas artérias), e também não foi inserido nos cálculos do benefício, mas, como fui tão quanto enganado, não sabia de que se recebe o primeiro benefício aceita o valor que veio.

Como recuperar meu investimento dos cinco anos a mais, terei que provar com documentos devido ter sido contribuinte individual (prestador autônomo em engenharia).

Estou na terceira doutora em direito previdenciário, desde dezembro de 2018 e, nada.

O atendente na cidade de Matão, já que meu endereço era em São Carlos, mais um equivoco te enviarem para outra cidade, com o intuito de te prejudicarem!

O atendente feriu o Estatuto do Idoso, já que ele estragou minha aposentadoria, saia toda hora, a mulher dele no hospital para ter um filho, voltava e perdia o foco de meu assunto, tipo dizer que são pagos para estragarem a gente, que trabalhei a vida toda para ser dilacerado, retalhado e ridicularizado, passei por constrangimento no dia do pedido do benefício, atendeu um doutor fiquei tendo chá de cadeiras, isto é o Brasil dos que não respeitam, agora leio este artigo aqui, como acham que me sinto fui desmerecido e meu cálculo de beneficio amputaram meus direitos, sem contar que tenho colégio técnico não entrou, tenho periculosidade não entrou e, me veio R$ 1.185,00.

Agradeço receber orientação, já que sou ativo até morrer, por que um beneficio um pouco maior que um salário minimo, quando perdi tudo em 16 anos de desgoverno anterior, pago aluguel, só deste vai a aposentadoria, remédio então não terei fundos se cair doente, perder meus trabalhos de bicos, já que de concurso público no Brasil é tudo furada, cartas marcadas, até ontem divulguei no portal profissional um comunicado sobre tal atrocidade, que os jovens fazem com quem precisa viver, eles tiram o direito dos idosos e dão para jovens imaturos, desqualificados, etc vide https://www.treisc.eng.br - este mundo está tudo errado, será que encontro ainda pessoas decentes?

Perfis que segue

(3)
Carregando

Seguidores

(11)
Carregando

Tópicos de interesse

(4)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros perfis como Asdrubal

Carregando

Asdrubal Caldas

Entrar em contato